Servidora pública é morta no interior após reclamar do barulho de fogos; vizinho é preso.

OUÇA A MATÉRIA

Uma servidora pública de 57 anos foi assassinada com um tiro de espingarda na tarde desta segunda-feira (3) no município de Marcelino Vieira, na região do Alto Oeste potiguar, após discutir com um vizinho. O motivo da briga, segundo a Polícia Militar, foram os barulhos causados por fogos de artifício, que estavam assustando os animais que a vítima criava no quintal de casa. O vizinho dela foi preso.

Ainda de acordo com a PM, Maria Zeneide da Silva Costa bateu boca com o vizinho por causa dos fogos que ele estava soltando, e por isso teria jogado pedras nele. Foi quando o homem, aparentemente embriagado, entrou em casa e voltou com uma espingarda e atirou na mulher.

Maria Zeneide morreu na calçada de casa, em uma comunidade conhecida como Panati, na zona rural do município. O vizinho preso, que é agricultor aposentado, tem 69 anos.

G1 RN

Adicionar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *