Postagens de estudante que tentou matar “por tédio” demonstram frieza

OUÇA A MATÉRIA

Investigações da Polícia Civil encontraram mensagens em redes sociais que refletem a personalidade de Jordan Medeiros de Souza Aguiar, 23 anos. Ele é suspeito de ter tentado matar uma pessoa a facadas “por estar entendiado”

O universitário Jordan Medeiros de Souza Aguiar, de 23 anos, chocou os moradores de Parnamirim, na Grande Natal, ao confessar à Polícia que tentou assassinar um homem porque estava “entendiado”. Ele foi preso na terça-feira (11) suspeito de ter tentado matar uma pessoa no dia 1º deste mês.

De acordo com as equipes da 2ª Delegacia de Polícia de Parnamirim, que interrogaram Jordan, o estudante de física planejava de forma fria e detalhada o que queria fazer: matar. O desejo, segundo ele disse a polícia, vem desde seus 17 anos de idade.

Para os agentes que investigam o caso, postagens feitas pelo suspeito nas redes sociais demonstram traços de frieza na personalidade de Jordan. “Em 2000, quando eu tinha 5 anos, eu acordei cedo numa manhã de sábado ou domingo e coloquei fogo no puxa-saco atrás na porta da cozinha. Minha mãe acordou com cheiro da fumaça e evitou uma tragédia. Era simplesmente fascinante ver como o plástico derretia.” disse em um dos posts.

Jordan faz outro post falando sobre um episódio de 2003. “(…) quando eu tinha 7 ou 8 anos, eu ofereci um bolo de areia ao meu primo que tinha 4. Ele foi convencido a comer e eu senti uma satisfação que só um psicopata consegue sentir nessa situação”, confessou.

ASSISTA O VIDEO:

Adicionar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *