VÍDEO: Maria Gadú faz desabafo político durante show em Curitiba e não se intimida com fascista

OUÇA A MATÉRIA

“O que você está fazendo aqui então? […] Esse show é sim um manifesto político. Preta e Lula livres”, declarou Gadú após bolsonarista mandar ela voltar para o Rio

Durante show realizado neste sábado (21) em Curitiba, a cantora Maria Gadú decidiu fazer um desabafo e condenar as prisões do ex-presidente Lula, da apresentadora Preta Ferreira, além de criticar a ação de policiais militares paranaenses contra uma moradora de rua. A artista foi interrompida por um homem que mandou ela voltar para o Rio de Janeiro e respondeu.

“O que você está fazendo aqui então? Nunca não deixei clara a minha posição política. Eu sou a favor da liberdade, a favor da democracia. E esse show é sim um manifesto político. Preta e Lula livres!”, declarou a cantora após um homem dizer que ela deveria “voltar para lá, voltar para o Rio, de onde você veio”. Gadú foi interrompida após um longo desabafo que criticou a ação da PM contra uma moradora de rua de Curitiba e lamentou pelas prisões políticas da apresentadora Preta Ferreira e do ex-presidente Lula.

“Hoje algumas pessoas importantes nesse país, presas políticas. A brutalidade nesse páis, nós temos uma grande humana em sao paulo, líder do movimento de ocupação, chamada Preta Ferreira. Preta Ferreira é uma das artistas mais preciosas que eu conheci. […] A preta tá presa há quase 3 meses sem julgamento, com falsas testemunhas”, disse Gadú, sob aplausos e gritos de “Lula Livre” e “Preta Livre”. Essa não é a primeira vez que a artista vai a público defender a liberdade de Preta Ferreira e de Lula.

Um pequeno grupo deixou o show após o comentário. Pelas redes sociais, usuários declararam que a apresentação seguiu com força.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: