Por falta de recursos, Bolsa Família encolhe e volta a ter fila de espera

OUÇA A MATÉRIA

Até o final do ano, gestão Bolsonaro deve reduzir drasticamente a inclusão de novas famílias no programa

Após quase dois anos, o Bolsa Família voltou a ter fila de espera para quem deseja entrar no programa que transfere renda para pessoas em situação de pobreza e de extrema pobreza. Com parte do orçamento congelado, o ministro da Cidadania do governo Bolsonaro, Osmar Terra, declarou que o número de novas famílias incluídas no projeto tem diminuído nos últimos meses.

Além do ministro, a informação também foi dada por integrantes da CMO (Comissão Mista de Orçamento) do Congresso, em reunião ocorrida há alguns dias, segundo reportagem desta terça-feira (1) de Thiago Resende, na Folha de S.Paulo.

“Conseguimos terminar com a fila. Agora está voltando a fila de novo em função da nossa dificuldade orçamentária”, disse Osmar Terra. “Nos últimos meses, houve redução no número de inclusões de famílias”, reconheceu. A fila de espera se forma quando as respostas demoram mais de 45 dias.

Neste ano, a equipe econômica do governo de Jair Bolsonaro congelou cerca de R$ 1 bilhão, de um total de quase R$ 5 bilhões, para as atividades da pasta responsável pelo programa. Portanto, o Bolsa Família está funcionando no limite de seu orçamento.

Até agosto foram gastos R$ 20,9 bilhões, uma média de R$ 2,6 bilhões por mês. Com esse ritmo, o dinheiro reservado —R$ 29,5 bilhões— pode não ser suficiente até o fim do ano. A cobertura chegou a 14,3 milhões de famílias em maio e, desde então, registra seguidas quedas, atendendo 13,5 milhões em setembro.

Para 2020, Jair Bolsonaro já anunciou um cenário ainda mais enxuto para o programa social. O projeto de Orçamento elaborado pelo presidente prevê o mesmo montante que em 2019 (cerca de R$ 29,5 bilhões), o que não incluiu aumento do benefício pela inflação nem o 13º, uma das principais campanhas de Bolsonaro para o programa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: