Ala do PSL quer investigar gasto feito por Eduardo Bolsonaro para realizar evento direitista em São Paulo

OUÇA A MATÉRIA

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do ocupante do Palácio do Planalto, pretendente ao posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos, gastou R$ 1 milhão para realizar um convescote da direita internacional em São Paulo. O dinheiro, sacado dos cofres do PSL, é oriundo do Fundo Partidário, portanto verba pública

A coluna Painel da Folha de S.Paulo informa que deputados do PSL pedirão formalmente à direção do partido para que sejam detalhados os gastos da primeira edição brasileira da Cpac (Conservative Political Action Conference), organizada por Eduardo Bolsonaro, em SP. 

Essa ala vai cobrar transparência sobre o uso do fundo partidário para bancar o evento.   

A conferência custou mais de R$ 1 milhão aos cofres da sigla, obtidos do Fundo Partidário, e teria servido de palanque ao filho do presidente.

FONTE: Brasil247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: