RN tem mais de 12 mil animais com genética melhorada que equivalem a R$ 20 mi

OUÇA A MATÉRIA

Esse é um dos resultados do projeto Leite & Genética, do Sebrae, que está com exposição de animais e demonstração de técnicas reprodutivas diariamente na Festa do Boi

O projeto Leite & Genética foi responsável, em sete anos, por melhorar o padrão genético de 12.214 animais bovinos tanto de corte quanto leiteiro. A iniciativa é desenvolvida pelo Sebrae no Rio Grande do Norte e executada pelo Instituto BioSistêmico (IBS). Em valores atuais de mercado, esses bovinos juntos equivalem a cerca de R$ 20 milhões.

Isso porque o programa recorre a biotécnicas reprodutivas, como transferência de embriões e inseminação artificial, e análises do leite, de sanidade e do solo com acompanhamento de especialistas técnicos na fazenda de forma subsidiada. E assim aumenta a produtividade de pequenas propriedades no interior do estado. O projeto Leite & Genética é um dos atrativos do Espaço Sebrae Terroir, que está montado na 57ª Festa do Boi, no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim.

Durante o evento, o programa está novas adesões abertas para bovinocultores interessados em otimizar a produtividade, seja para produção de carne ou de leite. A expectativa é que até o próximo sábado o projeto inscreva pelo menos 20 novos produtores, que terão de executar o pacote de técnicas adquirido ainda em 2019.

“Se analisarmos quantitativamente 12 mil animais não parece tão significativo diante do número de cabeças do rebanho potiguar, mas, do ponto de vista qualitativo, a gente percebe a melhoria do padrão de qualidade e produtividade dos currais nos últimos sete anos devido iniciativas como essa”, avalia o gestor do projeto, Acácio Brito.

Para os produtores que se interessarem conferir os benefícios que a iniciativa proporciona, o Sebrae montou na Fazenda do espaço um empório com 31 bezerros resultantes das ações do projeto, que estão à venda.

Há animais das raças leiteiras Holandês, Gyr e Girolando. No caso dos animais voltados para corte, há bovinos Angus, Nelore e meio sangue Angus com Holandês, com preços variando entre R$ 4 mil e R$ 7,5 mil.

FONTE: Agora RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: