E a Petrobras no RN? Deputada Natália Bonavides participa de reunião com o governador em exercício e representantes dos trabalhadores da Petrobras para conversar sobre o futuro da empresa

OUÇA A MATÉRIA

A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) participou na manhã da segunda-feira (18) de uma reunião no gabinete do governador em exercício, Antenor Roberto (PCdoB), para debater a situação da Petrobrás no Rio Grande do Norte, e em especial a situação das transferências que estão sendo impostas pela empresa aos seus trabalhadores.

Nos últimos meses, muitos servidores da estatal lotados na sede administrativa em Natal, foram informados que serão transferidos para os estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo. Com o objetivo de impedir as transferências para outros estados e a saída definitiva da Petrobrás do RN, o SINDIPETRO-RN apresentou uma denúncia ao Ministério Público do Trabalho (MPT-RN).

“É preciso uma articulação que envolva entidades, trabalhadores e o governo para evitarmos que a Petrobras prossiga com esse plano de saída do estado. Uma das medidas possíveis é a realização de uma audiência pública em que a Petrobras apresente detalhadamente os motivos dessa saída e da transferência dos trabalhadores, pois as justificativas dadas até agora não são suficientes”, declarou a parlamentar.

A Petrobras é relevante para a economia do RN, sendo responsável por uma cadeia de empregos diretos e indiretos nas áreas de extração de Petróleo e Gás. Atualmente a empresa mantém relações com 15 municípios produtores de petróleo, além das 97 cidades que recebem royalties mensais.

Além do governador em exercício, participaram da reunião representantes de entidades dos trabalhadores e trabalhadoras da estatal (Sindipetro, AEPET, AGERN) e a procuradora do Ministério Público do Trabalho, Dra. Ileana Neiva Mousinho. Até agora a presidência da Petrobras não apresentou nenhuma razão técnica aceitável para justificar a saída da empresa do Nordeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: