Bolsonaro pode entregar ministério de Marinho a Alcolumbre

0
49

O potiguar Rogério Marinho pode estar com os dias contados à frente do ministério do Desenvolvimento Regional. O cargo pode ser ocupado por Davi Alcolumbre, atual presidente do Senado, que vem fazendo campanha pelo sucessor Henrique Pacheco (DEM-MG).

Alcolumbre deve virar ministro caso consiga emplacar Pacheco, que é apoiado pelo Planalto. A disputa no Senado está marcada para 1º de fevereiro.

O presidente Jair Bolsonaro já ofereceu um espaço entre os ministros para Alcolumbre e a preferência do parlamentar é o ministério do Desenvolvimento Regional, pasta que toca obras estruturantes e tem orçamento para 2021 previsto em R$ 24 bilhões.

Nos últimos dias, Davi Alcolumbre já está prometendo a senadores aliados mais verbas para os Estados a partir de obras e ações da pasta de Desenvolvimento Regional.

Caso troque o comando do ministério, Bolsonaro deve transferir Rogério Marinho para outra pasta, já que o potiguar tem agradado o chefe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui