Coronavírus mata diariamente mais que crimes violentos no Rio Grande do Norte

0
248

Desde o mês passado, novo coronavírus responde por mais mortes do que crimes violentos. Em junho, até o último dia 16, haviam sido registrados 280 óbitos por Covid-19 no Estado e 74 por crimes violentos letais e intencionais, como homicídios

A primeira morte relacionada com a Covid-19 no Rio Grande do Norte aconteceu no dia 29 de março. Após sofrer vários dias com os efeitos nocivos da doença, o professor universitário Luiz di Souza, de 61 anos, faleceu em um hospital particular da cidade de Mossoró, na região Oeste potiguar. Desde então, o novo coronavírus interrompeu as vidas e os sonhos de 697 potiguares.

O avanço expressivo da doença já superou os números relacionados com a violência urbana – considerado um problema endêmico no Rio Grande do Norte. Com os números atuais, a transmissão do novo coronavírus representa uma das maiores crises sanitárias da história do estado.

No Rio Grande do Norte, 17 pessoas morreram pela Covid-19 por dia no mês de junho, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Já em relação aos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) – como os homicídios e latrocínios, por exemplo –, no mesmo período, foram quatro por dia, segundo os números do Observatório da Violência (OBVIO RN) e da Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE), órgão ligado à Secretaria Estadual de Segurança e Defesa Social (Sesed).

Até o último dia 16, as parciais de junho registraram 280 óbitos por Covid-19 e 74 por mortes violentas.

Desde janeiro ao dia 16 de junho, foram contabilizados 759 CVLIs no estado. Desde o primeiro óbito no RN, que ocorreu em 29 de março, até o dia 16 de junho, foram registradas 585 mortes no RN.

No mês de abril, as mortes por Covid-19 foram 55 e de CVLIs, 157. Já em maio, percebe-se um aumento no número de mortes pela doença em comparação com os crimes violentos. A Covid-19 registrou 249 óbitos e os CVLIs, 134.

No período entre maio e abril, contabilizando os meses inteiros, foram 304 mortes pela infecção do novo coronavírus, enquanto que as mortes violentas somaram 291 casos.

Descoberta na cidade de Wuhan, na região central da China, em dezembro de 2019, a Covid-19 teve o primeiro caso confirmado no Brasil em 26 de fevereiro. No Rio Grande do Norte, o primeiro registro oficial foi em 12 de março.

Em pouco mais de quatro meses, mais de 1 milhão de pessoas foram infectadas no Brasil, sendo que 19.206.

No País, a primeira morte foi registrada em 17 de março: um morador de São Paulo, de 62 anos, com outros problemas de saúde. Hoje, o Brasil tem 50.090 mortes.

Óbitos por Covid-19 no RN:

Janeiro – 0
Fevereiro – 0
Março – 1
Abril – 55
Maio – 249
Junho (parcial até dia 16) – 280

Total – 585

Mortes violentas no RN:

Janeiro – 123
Fevereiro – 144
Março – 127
Abril – 157
Maio – 134
Junho (parcial até dia 16) – 74

Total – 759

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui