Crivella pede retomada econômica e diz que covid matou menos que o esperado

0
95

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), defendeu nessa 2ª feira (2.nov.2020) a plena retomada das atividades econômicas na cidade, sob o argumento de que “as mortes [por covid-19] previstas pelos especialistas da Fiocruz [Fundação Oswaldo Cruz] não ocorreram.

A declaração foi feita em transmissão ao vivo realizada no perfil de Crivella no Facebook. O prefeito informou que apresentará nesta 3ª feira (3.nov) medidas para recuperar a economia da cidade.

De acordo com Crivella, as providências tomadas pela prefeitura e os equipamentos comprados fizeram com que o número de mortes por covid-19 ficasse abaixo da projeção de 3% da população carioca feita pela Fiocruz.

Se a projeção da fundação se tornasse real, as mortes na cidade ultrapassariam 200 mil, já que existem cerca de 6 milhões de pessoas vivendo no Rio de Janeiro. Segundo dados do Ministério da Saúde divulgados na 2ª feira (2.nov), a cidade acumula 12.140 mortes pela doença.

Choro por cada alma que partiu, por cada família de luto. Mas [o número de mortos] é quase 20 vezes menos do que previam os especialistas”, diz o prefeito. “Agora precisamos retomar a economia, já que as curvas todas, há meses, estão descendentes”.

MENSAGEM DE BOLSONARO

Durante a live, Crivella divulgou uma peça publicitária de 2 minutos, na qual aparece ao lado de Bolsonaro. O vídeo foi gravado em Brasília e será incluído na campanha televisiva do prefeito. Bolsonaro diz na gravação que é de seu “maior interesse” ter Crivella como prefeito do Rio pelos próximos 4 anos.

Os 2 destacam que compartilham os mesmos valores morais e políticos. O chefe do Executivo federal apresenta Crivella como 1 conservador, assim como o Brasil. “Somos 1 país de conservadores que amam a família”, fala Bolsonaro.

O presidente afirma que alguns países da América do Sul estão mais uma vez sendo “pintados de vermelho”. “Nós não queremos isso em nosso país“.

Crivella responde e agradece Bolsonaro: “O presidente da República do Brasil me chama ao dever, me dá uma missão e eu vou cumprir (…) Deus está conosco!”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui