Lula declara apoio a Guilherme Boulos contra Covas em São Paulo

0
138

O ex-presidente Lula (PT) declarou apoio ao candidato do Psol à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, que está no 2º turno da disputa contra o atual prefeito, Bruno Covas (PSDB).

Em publicação feita no Twitter na manhã desta 3ª feira (17.nov.2020), Lula disse que o voto em Boulos é 1 “compromisso histórico” para petistas, esquerdistas, progressistas e “todos aqueles que querem restabelecer a democracia no Brasil”.

“Todos os eleitores e eleitoras que votam no PT, todos os eleitores que são de esquerda, todos os eleitores progressistas, todos que querem restabelecer a democracia no Brasil, tem agora o compromisso histórico de votar no companheiro Guilherme Boulos para prefeito de São Paulo”, escreveu o ex-presidente.

No último domingo (15.nov), após sair de sua seção eleitoral em São Bernardo do Campo, Lula disse que a presidente o PT, Gleisi Hoffmann, encontrou Jilmar Tatto, então candidato do partido em São Paulo, para debater possível apoio do petista a Boulos antes mesmo do 1º turno. Na ocasião, o ex-presidente afirmou que a decisão da manutenção da candidatura foi “única e exclusivamente” de Tatto.

“Algumas pessoas do partido fizeram movimento independente da direção do partido, assinando documentos de adesão ao Boulos bem antes da campanha começar. As pessoas são livres. A Gleisi cumpriu o papel dela de presidente do partido e procurou o candidato. O que ela disse é que a decisão dependia única e exclusivamente dele. O candidato disse que vai continuar candidato. Foi uma atitude soberana dele”, disse.

Tatto teve 8,6% dos votos válidos e ficou na 6ª colocação. Boulos registrou 20,2%, enquanto o atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), ficou no 1º lugar, com 32,8%. O resultado da votação de Tatto em São Paulo é o menor já obtido no 1º turno por 1 candidato a prefeito na história do PT em São Paulo

Até então, o pior resultado havia sido alcançado na tentativa de reeleição do ex-prefeito Fernando Haddad, em 2016 (17%). O melhor resultado desde 1985 foi conquistado por Marta Suplicy, que teve 38% dos votos válidos em 2000.

Logo após a apuração que confirmou Boulos e Covas no 2º turno, ainda na noite de domingo (15.nov), Tatto afirmou que vai apoiar Boulos. “Acabei de ligar para Guilherme Boulos, a quem tenho como 1 irmão mais novo. Desejei sorte e disse que ele pode contar comigo e com a nossa valente militância para virar o jogo em São Paulo”, escreveu Tatto no Twitter.

Pouco depois, Boulos respondeu Tatto, também pela rede social. O candidato do Psol agradeceu ao petista: “Obrigado pelo gesto, Jilmar Tatto! Parabéns pela campanha, sempre deixando claro quem são nossos reais adversários. Vamos juntos agora virar o jogo em São Paulo!”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui