Bolsonaro reage a ordem do STF: ‘Há algo grave acontecendo com a democracia’

0
263

Presidente publicou nas redes sociais depois da operação contra apoiadores, os governistas endossaram críticas o ministro da educação Weintraub relembra o nazismo

O presidente Jair Bolsonaro foi às redes sociais na noite desta 4ª feira (27.mai.2020) para dizer que “algo de muito grave está acontecendo com nossa democracia”.

O chefe do Executivo federal publicou vídeo de trecho de 1 julgamento no STF (Supremo Tribunal Federal) no qual o ministro Alexandre de Moraes discorre a respeito de certos artigos de lei. Na gravação, Moraes trata da importância da liberdade de expressão. “Quem não quer ser criticado […], fique em casa”.

A fala foi compartilhada por Bolsonaro no dia em que o ministro ordenou buscas e apreensões em endereços ligados a autoridades e apoiadores do presidente da República no âmbito do inquérito das fake news. Eis a íntegra da mandado (772 KB).

Entre os alvos da operação estão Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, Edgard Corona, dono das academias Smart Fit, a deputada Bia Kicis (PSL-DF) e a deputada Carla Zambelli (PSL-SP).

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, participou mais cedo de uma live do portal Terça Livre, canal mantido pelo blogueiro Allan dos Santos, 1 dos alvos de operação. Na transmissão, Eduardo pregou uma reação contra a Suprema Corte. “Temos de pontuar, diagnosticar o problema e depois começar a tomar algumas atitudes”, afirmou.

Governistas endossaram críticas ao Supremo nesta 4ª feira (27.mai). O ministro da Educação, Abraham Weintraub, associou a operação da PF a táticas nazistas. O vice-presidente, general Hamilton Mourão, escreveu: “Compete ao MP a ação penal pública, além de assegurar diligências investigatórias e instauração de inquérito policial (acusar, investigar e denunciar). E aos demais Poderes zelar pela transparência e publicidade dos atos do Poder Público. É isso que está acontecendo no Brasil?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui