PSDB RN vai ouvir pré-candidatos para discutir formatos de campanha

0
132

Com a participação de juristas e profissionais de comunicação e marketing, partido vai debater novas regras

Com a participação de técnicos jurídicos e profissionais de comunicação e marketing, o PSDB do Rio Grande do Norte anunciou nesta quinta-feira (2) que vai promover transmissões ao vivo nas redes sociais para debater as novas regras eleitorais e formatos de campanha para as eleições de 2020. Será o primeiro ato do partido do Rio Grande do Norte após o Congresso Nacional decidir adiar as eleições para novembro.

“Tomamos essa iniciativa para colaborar com o crescimento do partido. O PSDB agora tem mais de 50 prefeitos e vice-prefeitos, além de ter triplicado o número de vereadores em todas as regiões do Estado. As convenções serão agora em agosto e setembro, e todos os pré-candidatos do PSDB terão informações e ideias novas para debater de forma que não façam aglomeração, como recomendam as autoridades em saúde”, afirma o deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza, presidente do PSDB no RN.

Esse processo de consulta às bases, além de debates virtuais, terá uma pesquisa online, para que a direção do partido receba sugestões e críticas. Todos os pré-candidatos e dirigentes do PSDB RN estão sendo convidados a participar. Essa ação de consultas envolve os municípios da Grande Natal, Agreste, Mato Grande, Seridó, Trairi, Potengi, Central, Alto, Médio e Oeste Potiguar.

Na etapa final, depois do questionário eletrônico, serão colocadas em votação opções de posicionamento do PSDB sobre temas sugestivos para o debate das eleições de 2020. Outra novidade é que a “live” possa reunir online filiados mais ativos durante essa fase preliminar da campanha.

Devido à pandemia e a recomendação para não aglomerar, todos que participarem terão o mesmo peso, seja o filiado deputado, prefeito, vice-prefeito, vereador ou uma jovem liderança do interior.

Os integrantes do PSDB e profissionais que estão envolvidos no trabalho vão avaliar formas de como lidar com uma campanha que, devido à pandemia, não poderá ter contato físico, além de aglomerações como passeatas e comícios, caso as cidades estejam em grau acima de recomendados pelas autoridades de saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui